Música de Momento

sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Férias...

Obáááááá chegaram minha FÉRIAS...
Meu retorno está previsto para depois do
carnaval, mas espero conseguir postar qualquer
dias desses, tenham ótimos dias...

Minha Sampa querida, ontem eu não consegui
colocar o seu bolinho, mas hoje ele é todo seu.


quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Niver de Sampa 453 anos


A São Paulo, com carinho...
(por: Ricardo Kotscho)
?Quanto mais passeio ou viajo para algum lugar,
maior é a minha sensação de felicidade
ao retornar para minha cidade.
Por isso, fico triste quando as pessoas falam mal dela.
Pode parecer esquisito fazer esta declaração de amor
exatamente no momento em que São Paulo
ainda está consternada com o desabamento
e as mortes nas obras do metrô em Pinheiros.
Mas vai ver que é por isso mesmo.
É nessas horas difíceis,
como se fosse uma pessoa querida,
com tantos dramas e transtornos
causados pela tragédia,
que São Paulo mais precisa do carinho de seus filhos,
os que aqui nasceram ou para cá vieram
em busca de uma vida melhor.
Hoje, na festa dos seus 453 anos,
São Paulo mereceria não apenas carinho,
mas também um pouco mais de respeito de todos nós,
tanto por sua belíssima história,
que no último século a transformou
numa das principais metrópoles do mundo,
como também por que é aqui,
afinal, de um jeito ou de outro,
que continuarão vivendo nossos filhos e netos.
Mesmo com enchentes, congestionamentos,
desbamentos, acidentes...
Apesar de tudo,
a vida continua...
Parabéns, São Paulo?.
(O texto é longo e bonito, mas simplifiquei,
Parabéns Sampa querida).

quarta-feira, 24 de janeiro de 2007

Bethania - Mar de sofia

O mundo é grande
(Drummond e Sueli Costa)
O mundo é grande e cabe
Nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe
Na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe
No breve espaço de beijar.
O mundo é grande e cabe
Nesta janela sobre o mar.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

beija flor

O beijo do beija-flor
(Adenauer Góes Junior)
O beija-flor beija a rosa
Como a rosa perfumada
Perfuma em teu louvor
E assim como como o beija-flor
Beijando a rosa
Quando te beijo
És meu amor
Pois para mim
Beija-flor nenhum
Ao beijar flor alguma
Encontrou formosura como a tua
Seja lá a flor qual for
Ah...
Meu doce lírio
Minha rosa vermelha
Minha bela papoula
Meu amor-perfeito...
Se um beija-flor
Beija uma bela-flor
Com carinho e com tanto amor
Então eu te chamo "minha flor"
E se quiseres podes me chamar
De teu "beija-flor".

sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Elis..muitas saudades

Elis...Muitas Saudades....
(Por: Carô Murgel)

Elis Regina Carvalho Costa nasceu em 17 de março de 1945 em Porto Alegre, RS.
Foi, sem dúvida, a maior cantora brasileira de todos os tempos. Com técnica e garra, lançou alguns dos principais compositores brasileiros, como João Bosco e Aldir Blanc, Renato Teixeira, Fátima Guedes - só não lançou Chico Buarque porque resolveu pensar sobre o assunto - Nara Leão foi mais rápida.
A "pimentinha", como era chamada, tinha - como João Gilberto - a perfeição como meta. Exigia muito de seus músicos e compositores, exigia de sua gravadora, exigia de sua voz. Ganhávamos nós, o público. Não foi sempre assim - quando veio do Rio Grande do Sul tentou carreira no Rio de Janeiro - não foi pra frente. Seus primeiros discos são repletos das exigências da mídia, Elis teve que cantar o que vendia na época.
Transferindo-se para São Paulo, encontrou a cidade de braços abertos. Foi aqui que Elis chegou a perfeição, e foi aqui que se transformou numa tradição, tal qual sua amiga Rita Lee. Elis virou São Paulo, que a acolheu e a recolheu, quando se foi aos 36 anos, em 19 de janeiro de 1982.
Foi a primeira pessoa que inscreveu sua voz como instrumento, na Ordem dos Músicos do Brasil. E era. A voz de Elis soava como instrumento afinado, não perdendo, nem por um minuto, o carisma e a emoção em cada canção.
Envolveu-se com tudo de forma radical - com a música, com a política, com a vida. Maldita para muitos, Elis tinha sempre a frase certeira, a mente afiada, propósitos firmes: "Cara feia pra mim é bode... Sou mais ardida que pimenta!".

quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

sem tempo para postar..

Hj é um dia daqueles que tudo está muito corrido...
então só para não passar em branco o dia...
eis um post via "rapidex"..rsss.

terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Vaidade - Florbela


Vaidade
(Florbela Espanca)

Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!
Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!
Sonho que sou Alguém cá neste mundo...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada!
E quando mais no céu eu vou sonhando
E quando mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho...
E não sou nada!...

segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

Perco rumo

PERCO O RUMO
(Ângela Rô Rô)
(Letra: Naila Skorpio e Guto Graça Melo)

Quando eu não te vejo
Eu perco rumo
Tomo banho me perfumo
Vou pra cama e não durmo
Mordo travesseiro
Me lambuzo de batom
Sinto o teu cheiro
Me embolo no lençol
Enlouqueço
Hum...eu fico rouca
Tiro a roupa me aqueço
Não te esqueço e adormeço
Pra sonhar de ter você.

sábado, 13 de janeiro de 2007

Aqui

Aqui
(Ana Carolina e Antônio Villeroy)
Aqui
Eu nunca disse que iria ser
A pessoa certa pra você
Mas sou eu quem te adora
Se fico um tempo sem te procurar
É pra saudade nos aproximar
E eu já não vejo a hora
Eu não consigo esconder
Certo ou errado, eu quero ter você
Ei, você sabe que eu não sei jogar
Não é meu dom representar
Não dá pra disfarçar
Eu tento aparentar frieza mas não dá
É como uma represa pronta pra jorrar
Querendo iluminar
A estrada, a casa, o quarto onde você está
Não dá pra ocultar
Algo preso quer sair do meu olhar
Atravessar montanhas e te alcançar
Tocar o seu olhar
Te fazer enxergar e se enxergar em mim
Aqui
Agora que você parece não ligar
Que já não pensa e já não quer pensar
Dizendo que não sente nada
Estou lembrando menos de você
Falta pouco pra me convencer
Que sou a pessoa errada
Eu não consigo esconder...

sexta-feira, 12 de janeiro de 2007

Contudo - Leslie

Contudo
(Leslie Holanda)
Não sou mais tua menina
Serelepe, traquina...
Sim
eternamente menina
Contudo,
não mais tua menina.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2007

Elogios


(desconheço o autor)
Hoje farei o que for possível para
me tornar um especialista em elogios.
O verdadeiro elogio é uma forma de amor.
Místicos e santos têm visto o mundo, vivo e pulsante,
como um hino de louvor do Espírito Criador.
Essa visão espiritual subentende que
tanto a mais intricada das atividades
com o simples fato de estarmos vivos
merecem elogios.
Quando elogiamos uns aos outros sem sinceridade,
freqüentemente estamos escondendo outros sentimentos
talvez inveja ou medo.
Quando foi a ultima vez que expressamos louvor de coração?
Acusar é fácil porque todos sabemos o que é fracassar.
Alem disso, se nos sentimos merecedores de culpa,
gostamos de procurar companhia,
apontando os defeitos dos outros.
Por que hesitamos tanto em elogiar?
O elogio não nos diminui; pelo contrário,
amplia nosso espírito.
Seria bom procurarmos ocasiões para elogios,
como um modo de expandirmos nossa vida.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2007

Parque do Igassu

Este é um lugar lindo que vale a pena conhecer:
Parque Nacional do Iguaçu onde tem as Cataratas...
Em 10 de janeiro de 1939, foi criado o Parque Nacional do Iguaçu
através do decreto lei nº 1.035,
este foi o segundo parque nacional brasileiro a
ser criado e atualmente sua área total é de 185.262,2 ha.
Em 1986 recebeu o título, concedido pela UNESCO,
de Patrimônio Natural da Humanidade.
O Parque Nacional do Iguaçu teve seu primeiro
Plano de Manejo elaborado em 1981,
tendo sido revisado no ano de 1999.
No Parque Nacional do Iguaçu é possível conhecer
uma das mais espetaculares cataratas do mundo.
O Parque Nacional do Iguaçu abriga a maior
e mais importante área de floresta Estacional
Semidecídua (floresta tropical subcaducifolia) do País.
Parabéns natureza, parabéns Brasil.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

Deusa triste


Deusa Triste
(Solange Rech)

Não sei por que razão andas tristonha,
Se ostentas a beleza das rainhas.
A leveza que tens quando caminhas
Deixa as lindas top-models com vergonha.
Ao te ver, bela diva, a gente sonha
Com devaneio e amor nas entrelinhas...
Atenta e perspicaz, sei que adivinhas
Que o teu destino é ser sempre risonha.
Afirmação comum ninguém contesta:
É mais fácil supor o inferno em festa
Do que pensar que é triste o paraíso.
Deuses moram num céu mais-que-perfeito,
Onde sofrer não é um verbo aceito.
Recria, minha deusa, o teu sorriso.

sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

Canção do Amor sereno


Canção do Amor Sereno
(LYA LUFT)

Vem sem receio: eu te recebo
Como um dom dos deuses do deserto
Que decretaram minha trégua , e permitiram
Que o mel de teus olhos me invadisse.
Quero que o meu amor te faça livre,
Que meus dedos não te prendam
Mas contornem teu raro perfil
Como lábios tocam um anel sagrado.
Quero que o meu amor te seja enfeite
E conforto, porto de partida para a fundação
Do teu reino, em que a sombra
Seja abrigo e ilha.
Quero que o meu amor te seja leve
Como se dançasse numa praia uma menina.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

Estrela mulher

Estrela Mulher
(Fabiana Thais Oliveira)
Heii!
Linda Estrela!!!
Aquela que faz de simples dias
Dias especiais.
Que ilumina
A profunda escuridão.
Você é a razão da beleza
Do encanto e da magia.
Você é a presença da ternura
Com jeito de atrevida
Ou com rosto de Anjo.
Você é uma estrela
Aos olhos de Deus...
Linda estrela
Repleta de Sabedoria
E compreensão.
Você sabe seduzir
Sabe conquistar...
Sem seu brilho
A beleza não existiria
O encanto não seduziria.
Seus olhos
Hipnotizam a todos a sua volta.
Seu sorriso é a arma
Que acerta o alvo
Chamado Corações,
Que facilmente se torna dona deles.
Porque és um estrela abençoada
Estrela chamada
Mulher

quarta-feira, 3 de janeiro de 2007

Um Feliz 2007

Desejo a todos um ótimo e Feliz 2007

FELIZ OLHAR NOVO
(Carlos Drummond de Andrade)
"O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história. O grande lance é viver cada momento como se a receita de felicidade fosse o AQUI e o AGORA.Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais..., mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?Quero viver bem! Este ano que passou foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões. Normal. As vezes a gente espera demais das pessoas. Normal. A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou. Normal.O ano que vai entrar vai ser diferente. Muda o ano, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com o seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?O que desejo para todos é sabedoria! E que todos saibamos transformar tudo em boa experiência! Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim... Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passe-o para a categoria 3. Ou mude-o de classe, transforme-o em colega. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém. O nosso desejo não se realizou? Beleza, não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de um lance que eu adoro): CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE.Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam bem diferentes.Desejo para todo mundo esse olhar especial.O ano que vai entrar pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. O ano que vai entrar pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular... ou... Pode ser puro orgulho! Depende de mim, de você! Pode ser. E que seja!!!Feliz olhar novo!!! Que o ano que se inicia seja do tamanho que você fizer.Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"